Sertanejo Chitãozinho relembra ajuda inusitada após ônibus em que estava sofrer acidente



– Advertisement –

Os cantores sertanejos Chitãozinho e Xororó, que passaram um sufoco danado em uma ocasião até uma ajuda inusitada chegar – Reprodução: Instagram
Vamos combinar, não é mesmo, o cantor sertanejo Chitãozinho e seu parceiro Xororó são um dos grandes nomes do estilo musical. Neste ano, os ícones completarão 50 anos de carreira. Agora: imagine o quanto de história os dois não têm para contar.
+ Sertanejos Chitãozinho e Xororó revelam detalhes da relação fora dos palcos
– Advertisement –

Uma delas, eles comentaram em conversa com o portal Gshow, da TV Globo, nos bastidores do programa ‘Altas Horas’. O cantor sertanejo Chitãozinho relembrou o momento em que, após o ônibus ficar atolado em uma estrada de terra, recebeu uma ajuda para lá de inusitada.
Com o acidente, eles ficaram parados no local, até o momento em que passou um caminhão com um time de futebol. O que aconteceu dali para frente, quem vai contar é o próprio músico:
– Advertisement –

+Chitãozinho e Xororó fazem revelação sobre grupo com o sertanejo Leonardo: Não presta
“Uma história legal foi quando estávamos viajando com um micro-ônibus e na estrada de terra encalhou, passou um caminhão com um de jogadores de time de futebol. Eles ajudaram a gente a sair do atoleiro. Fomos agradecer e eles falaram: ‘ não, agradecer, não, vocês vão cantar uma música pra gente aqui no barro’. Pegamos o violão e foi a maior festa”, disse ele.
Também na entrevista, é claro, eles falaram sobre os 50 anos da carreira e prometeram muitas novidades: “”A gente está preparando um novo show e, até o meio do ano, a gente lança. Vai ser a nossa nova turnê e a base do especial que vamos gravar mais para o final do ano”, afirmou.
+Chitãozinho e Xororó relembram fatos do passado e são surpreendidos
O parceiro do cantor sertanejo Chitãozinho, o Xororó, também deu mais detalhes do que virá além da música: “Tem livro, revista em quadrinhos… o público vai conhecer Chitãozinho & Xororó quando criança”, pontuou.