Moacyr Franco abandona ‘Programa Raul Gil’ e emplaca contrato exclusivo na Globo



– Advertisement –

Moacyr Franco abandona ‘Programa Raul Gil’ e emplaca contrato exclusivo na Globo/Instagram
Um dos principais nomes que eram reforços dentro do ‘Programa Raul Gil’, no SBT, Moacyr Franco não demorou muito e não integra mais no elenco da atração veiculada nas tardes de sábado da emissora de Silvio Santos.
+ Fernanda Gentil vive impasse com novo projeto secreto dentro da Globo
– Advertisement –

No semanal, ele integrava no time dos artistas que eram jurados do quadro ‘Shadow Brasil’, responsável pela descoberta de novos talentos musicais. Caio Mesquita, Li Martins e Luana Monalisa também dividem a bancada do formato. No entanto, assim como Moacyr, a cantora deixou o programa do vovô Raul. A partir deste próximo sábado, 7 de março, ele não será mais visto no quadro, sendo sucedido assim pelo cantor Dienes.
+ Débora Bloch comemora trabalho com Moacyr Franco em ‘Segunda Chamada’ na Globo
– Advertisement –

Há um motivo em específico para a saída do ator do canal da Anhanguera: ele agora é um nome exclusivo da Globo, no qual estará na nova temporada do seriado de sucesso ‘Segunda Chamada’. Um dos maiores acertos do canal carioca, o seriado terá uma nova leva de episódios e retornará ao ar em abril, contando com a participação do veterano, em que viverá Gilsinho, vítima de alzheimer. Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do UOL.
+ Globo toma decisão sobre nova novela das seis de Gilberto Braga, com estreia para 2021
Aos 83 anos, o artista havia participado da série ‘Ilha de Ferro’, produto de exclusividade do GloboPlay, plataforma de streaming da Platinada. No SBT, ele fez parte do time de contratados ao longo de 20 anos, e durante uma entrevista ao programa ‘Pânico’ da rádio Jovem Pan, ele falou que foi vítima de desprezo por parte de um grande nome da emissora: Carlos Alberto de Nóbrega.
“Eu nunca fui contratado da Praça, eu estava na praça porque um dia o Carlos Alberto, disse: ‘Faz a praça , de sacanagem ele até se ajoelhou”, relembrou. “E daí eu falei, vou fazer 4 programas, e  inventei o  diabo do Jeca Gay, que era uma brincadeira que eu fazia na produção do meu programa na Bandeirantes, e todo mundo achava engraçado”, compartilhou.