Galvão Bueno lamenta morte de Valdir Espinosa: “Ótimo parceiro de boas conversas”


Valdir Espinosa e Galvão Bueno / Instagram
Galvão Bueno usou suas redes sociais na manhã desta quinta-feira (27) para lamentar a morte de Valdir Espinosa, que faleceu nesta madrugada, aos 72 anos de idade, em decorrência de complicações de uma cirurgia no abdômen.

O apresentador compartilhou em seu perfil oficial uma foto ao lado do colega, durante o programa que comanda no SporTV, o ‘Bem Amigos’, e na legenda da publicação falou sobre o quanto o ex-técnico era um grande profissional.
“O dia começou muito triste com a notícia da morte de Valdir Espinosa!! Grande profissional do futebol e um ótimo parceiro de boas conversas!!”, escreveu Galvão na homenagem.
+ Após polêmica, Galvão Bueno se desculpa com repórter
Além disso, o narrador ainda relembrou dois grandes momentos especiais da vida de Espinosa, que ele teve a oportunidade de transmitir: o Mundial Interclubes de 1983 pelo Grêmio, e o título Carioca pelo Botafogo, em 1989.
“Tive a honra de fazer as transmissões de seus dois grandes momentos. Campeão do Mundo com o Grêmio em 83 e Carioca com o Botafogo em 89 depois de 21 anos de espera!!”, lembrou ele.
Em seguida Galvão falou sobre como Espinosa estava feliz com seu retornou ao futebol. “Espinosa estava muito feliz com seu retorno ao Botafogo como Gerente Técnico e ao lado de Paulo Autuori. Mestre em frases de efeito, a última delas falava da dupla!! ‘Se com um campeão do mundo já é bom, imagine com dois’. Que Deus o receba bem”, finalizou o apresentador.
Veja o post:

+ Galvão Bueno anuncia novidade: “46 anos de estrada”
Atualmente Espinosa exercia o cargo de Gerente Técnico do Botafogo, e nas redes sociais o clube carioca também prestou uma homenagem à ele.
Confira a nota na integra
“É com muita dor e imenso pesar que o Botafogo de Futebol e Regatas comunica o falecimento do Professor Valdir Espinosa, aos 72 anos. Comandante do título Carioca em 1989, Espinosa exercia a função de Gerente Técnico desde dezembro de 2019.
Muito querido no Clube por torcedores e por quem conviveu com ele no dia a dia, Espinosa vai fazer muita falta. Sua liderança, exemplo e ensinamentos seguirão no Botafogo como legado dessa figura tão representativa na história do Clube.
O Presidente Nelson Mufarrej decretou luto oficial de três dias. Em sinal de respeito por este grande profissional, o pavilhão alvinegro de General Severiano encontra-se a meio-mastro. O velório será nesta quinta-feira, de 15h às 22h, no Salão Nobre de General Severiano.”
Veja: