Fora da Globo, Aguinaldo Silva desenvolve série inédita baseada em livro autoral


Aguinaldo Silva (Reprodução/Instagram/aguinaldofsilva)
A saída de Aguinaldo Silva já havia sido especulada há um bom tempo, mas acabou por ter acontecido logo em plenos primeiros dias deste ano, na Globo. Com vínculo mantido e repleto de privilégios na emissora carioca, ele possuía um contrato de mais de 40 anos e que está em vencimento nesta semana, sem expectativas de renovação por parte da Platinada.

+ Após saída da Globo, Aguinaldo Silva pode emplacar novela inédita em nova emissora
Afastado das telinhas desde que escreveu a problemática ‘O Sétimo Guardião’, entre 2018 e 2019, mesmo em período de ‘férias’, o dramaturgo não para nos trabalhos. De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, da coluna Zapping, o veterano mantém como firme a ideia de escrever uma história sobre Norma Bengell, atriz e protagonista responsável pelo primeiro nu no cinema brasileiro, transformando o projeto em minissérie ou até mesmo num novo livro.
+ Aguinaldo Silva faz mistério sobre viagem a Miami e seguidores especulam
Antes de tudo, o mais novo ex-global do pedaço planeja investir em ’98 Tiros de Audiência’, lançado em 2006, como um seriado veiculado nas telinhas. No entanto, a incógnita permanece: em qual emissora ele pode ser contratado, visto que já terminou sua relação de quatro décadas com a rede da família Marinho?!
+ Após Aguinaldo Silva, Globo acaba contrato com Benedito Ruy Barbosa
Conforme já compartilhado aqui no seu Área VIP anteriormente, dentre as possibilidades, há o interesse da TVI, uma das maiores emissoras de Portugal, além do serviço de streaming Netflix, que planeja começar a produzir novelas avaliadas em torno de 50 capítulos, além da Band. A emissora de Jhonny Saad planeja contar com o novelista veterano no seu time de contratados, motivando o desejo de ativação do setor de dramaturgia da casa, no qual não produz nada desde meados de 2008.