BBB20: Mãe de Gabi Martins abre o jogo sobre polêmicas com Guilherme e revela



– Advertisement –

Mãe de Gabi Martins e Guilherme do ‘BBB20’ – Montagem/Área Vip
A saída de Guilherme do Paredão desta semana no ‘Big Brother Brasil 20’ foi repleto de fatores em meio a berlinda histórica que totalizou o maior número da história dos realities. O modelo, que engatou romance com a sertaneja Gabi Martins, dividiu opiniões diante da sua relação complicada e que foi alvo de duras críticas nas redes sociais.
+ Ex-BBB Munik Nunes se envolve em barraco e assume namoro com atacante do Palmeiras
– Advertisement –

Mas claro que, mesmo com os altos e baixos, a mãe da compositora, a artista plástica Maíra Martins, abriu o jogo em entrevista concedida à jornalista e colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, e revelou detalhes sobre seu apoio, além de avaliar o comportamento do, quem sabe, futuro genro. Diante dos julgamentos do público, ela entrega com consegue lidar com as críticas constantes: “Somos muito fiéis às nossas verdades e às nossas atitudes, então procuramos filtrar as opiniões e julgamentos”, disparou.
+ BBB20: Eliminado, Guilherme revela qual foi seu melhor momento no reality e esclarece relação com Victor Hugo
– Advertisement –

Em meio as acusações de um relacionamento abusivo que foi apontado pelos telespectadores, a matriarca afirmou: “Não gosto de julgar e gostaria que as pessoas refletissem que estão ali num confinamento. Quero conhecer o Guilherme pessoalmente. Minha filha tem uma ótima educação, valores e uma sensibilidade excepcional. Sabe bem quem colocar em sua vida”.
+ Ao vivo no ‘Mais Você’, Louro José protagoniza climão com Guilherme, do ‘BBB20’
O jeito carinhoso e chorão de Gabi consegue despertar a preocupação da mãe, que não esconde para ninguém que o grande desafio da sister está sendo justamente conviver com pessoas mais velhas e com experiências. “[O coração] fica sempre apreensivo. Gabi é a caçulinha do ‘BBB’, é uma pessoa muito doce e está sendo um grande desafio conviver com pessoas mais experientes e competitivas. Talvez por isso se emocione mais”, disse.