Anitta promove confissão sobre Arlindo Cruz, lamenta doença e crava: “Me inspira”



– Advertisement –

Anitta promove confissão sobre Arlindo Cruz, lamenta doença e crava inspiração – Reprodução/Instagram
Vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em meados de março de 2017, Arlindo Cruz teve alta hospitalar em julho de 2018, e até hoje lida com as sequelas da doença em sua casa, localizada no Rio de Janeiro, sob total cuidados da família.
+ Arlindinho, filho do sambista Arlindo Cruz, fala da evolução lenta do pai após AVC
– Advertisement –

A cada nova conquista, por sua vez, é comemorada de forma intensa não só pelos seus parentes, assim como também demais famosos e admiradores de um dos grandes gigantes do pagode. Anitta, que é fã declarada do artista, não poupou nos elogios e cercou o músico e compositor de palavras confortantes, além de que o classifica como sua fonte de inspiração.
+ Filha do cantor Arlindo Cruz revela cirurgia plástica aos 17 anos e faz desabafo
– Advertisement –

Em entrevista concedida à revista Quem, no entanto, ela destaca sua lamentação em virtude da doença que o impossibilita de retornar ao que tanto ama. “Uma pena ele estar doente. Fiz uma visita a ele a poucos dias atrás, mas ele está em processo de recuperação e se Deus quiser vai dar tudo certo. Ele é uma pessoa que me inspira muito em tudo, letra, voz, enfim…”, afirmou.
+ Após participar de ‘Amor de Mãe’, Anitta quer atuar em outras novelas
Um dos nomes de destaque ao longo do Carnaval deste ano, a ‘poderosa’ destaca sua paixão pelo momento de folia que percorre ao redor do país inteiro como um paixão antiga. “Amava ver desfiles na TV, era nosso entretenimento. A gente era de Honório Gurgel [zona norte do Rio] e ia para pracinha, mas não tinha muita coisa pra fazer. Os desfiles na televisão eram um grande entretenimento”, relembrou.
Por fim, a intérprete de hits recentes como ‘Contatinho’ e ‘Combatchy’ revela que a Império Serrano, uma das mais tradicionais escolas de samba do Rio de Janeiro, a qual permanece na Série A em 2021, é a sua agremiação favorita, tendo em vista que um tio seu integrava na Velha Guarda, uma das principais alas das escolas no geral.